terça-feira, 15 de maio de 2012

Ciências - 5º Ano / 4ª Série - Sistemas

Postado por { Duda !

Sistema Digestório:

  Os alimentos são muito importantes para a vida, pois contêm substâncias necessárias para o funcionamento, a recuperação e o crescimento do corpo.
Para que essas substâncias possam ser absorvidas pelo organismo, o alimento precisa se transformado em partículas. Esse processo recebe o nome de digestão e é realizado pelo sistema digestório.

Orgãos: Boca / Faringe / Esôfago / Estômago / Intestino Grosso / Intestino Delgado







Problemas no sistema digestório:

Ascaridíase: É uma verminose causada pelo verme Ascaris lumbricoides mais conhecido como lombriga

Sintomas: dores abdominais, náusea, vômito, diarréia, perda de massa corporal, falta de disposição, entre outros.

Como evitar: não andar descalço(a larva penetra ativamente na pele); lavar bem verduras, água e alimentos que serão consumidos(podem haver "ovos" do ascaris lumbricoides); não defecar ao ar livre(nas fezes são liberados os verme, que podem contaminar o solo; sanamento básico(previne que alimntos e água contaminadas chegue à casa das pessoas).



Cárie: É a destruição progressiva de algumas estruturas do dente, causada pela ação de algumas bactérias como a Streptococcus mutans. Essas bactérias agem sobre restos de alimentos que ficam acumulados nos dentes, produzindo ácidos que danificam, entre outras estruturas, o esmalte dos dentes

Sintomas: Inflamações e dor

Como evitar: É necessário cuidar da limpeza dos dentes com a escovação e o uso de fio dental. Além disso, deve-se ir ao dentista regularmente




Sistema Respiratório:


 A respiração é indispensável à sobrevivência dos seres humanos. Por meio dela, o organismo obtém o gás oxigênio do ar. Na respiração, o gás oxigênio combinado às substâncias nutritivas obtidas na digestão, possibilita a liberação da energia ao organismo

Orgãos: Cavidade nasal / Laringe / Pulmões / Faringe / Brônquio / Traquéia









Problemas no sistema respiratório:

 
 Bronquite: É uma inflamação dos brônquios, que provoca o acúmulo de secreção e dificulta a respiração.
Essa doença pode ser causada por um vírus, bactérias, poeira, poluentes ambientais e químicos, entre outros, sendo que o cigarro estimula o agravamento da bronquite

Sintomas: Tosse, falta de ar e expectoração

Expectoração: Expulsão por meio de tosse de secreções provenientes da traquéia, brônquios e pulmões. Na maioria das vezes muco, sangue ou pus.

Como evitar: Nem sempre é possível a prevenção de bronquite aguda ou crônica. Porém, pode-se tomar medidas para diminuir o risco. O passo mais importante é não fumar. Também tente evitar outros irritantes dos pulmões, como fumo passivo, fumaças, poluição no ar, e poeira. Lave as mãos freqüentemente para reduzir a exposição a germes. Tenha vacina para gripe todos os anos, especialmente se tiver problemas nos pulmões.

Tuberculose: É uma doença contagiosa causada por uma bactéria chamada Mycobacterium tuberculosis (mostrada na imagem ao lado), também conhecida como bacilo de Koch. Essa bactéria pode atacar várias partes do corpo, mas geralmente atinge os pulmões.

Sintomas: Tosse por mais de duas semanas, dor no peito, tosse ou catarro com sangue, fraqueza ou cansaço, perda de massa corporal, falta de apetite, calafrios e febre

Como evitar: Para evitar a tuberculose é preciso se manter afastado de pessoas já contaminadas, sendo que se pega pelo ar. Na realidade se uma vítima tosse, espirra, fala ou canta, as goticulas do ar que são expelidas podem contaminar outra pessoa.

Sistema Cardiovascular:

 É responsável por bombear e transportar sangue para todo o corpo.
O sangue transporta, para todas as células do corpo, as substâncias nutritivas absorvidas durante a digestão e o gás oxigênio absorvido pela respiração.
O sangue é bombeado pelo coração e percorre todas as partes do corpo pelos vasos vasos sangüíneos.

Orgãos: Coração / Vasos Sangüíneos.







 
Problemas no sistema cardiovascular:


 Anemia: Consiste na redução da capacidade do sangue de transportar gás oxigênio. Ela caracteriza-se pela redução da quantidade de glóbulos vermelhas ou pela diminuição da quantidade de hemoglobina.

Sintomas: Cansaço, palidez, falta de apetite, desânimo, falta de concentração e dor de cabeça.

Como evitar: A anemia pode ser causada por falta de de nutrientes como ferro, zinco, vitamina B12 e proteínas, por isso se deve ingerir alimentos que contenham esses nutrientes como: fígado, carne de boi, peixe, frango, feijão, entre outros.





Arritmia: É uma alteração no ritmo dos batimentos do coração. Dependendo do caso, o coração pode bater muito rápido, muito devagar ou de forma irregular.
Muitas vezes, a arritmia resulta de más-formações no coração. Porém, ela também pode ser ser causada por outros fatores, como o consumo de cafeína, bebidas alcoólicas, cigarro ou drogas.

Sintomas: Palpitação, dor no peito, falta de ar e até mesmo desmaios

Como evitar: No entanto, o melhor tratamento para as arritmias cardíacas é ainda a prevenção. Em outras palavras, não fumar, evitar o excesso de álcool, ingerir café e refrigerantes com moderação, abolir as drogas estimulantes e tomar cuidado com o estresse, além de não abusar de sal, açúcar e gorduras, e praticar atividade física regularmente, pelo menos três vezes por semana.


Sistema Urinário:

 Ao realizar suas funções vitais, nosso organismo produz várias substâncias. Muitas delas são essenciais ao bom funcionamento do corpo, porém outras não são aproveitadas e precisam ser eliminadas do organismo para não se acumularem.
As substâncias que não são aproveitadas, junto com o excesso de água, formam a urina, que é produzida e armazenada no organismo e eliminada pelo sistema urinário.

Orgãos: Rins / Ureteres / Bexiga / Uretra (somente em mulheres)




Problemas no sistema urinário:


Cálculos renais: Também conhecidos como pedras nos rins, são cristais que se formam devido ao acúmulo de certas substâncias nos rins. Esse cristais alojam-se nos rins ou em qualquer outra parte do sistema urinário. Quandos os cristais são pequenos, eles podem ser eliminados junto com a urina, ferindo os ureteres ou a uretra.

Sintomas: Usualmente, o primeiro sintoma de um cálculo renal é uma dor intensa. A dor começa subitamente quando a pedra se move no trato urinário, causando irritação e obstrução. Tipicamente, a pessoa sente uma dor aguda no dorso ou abdômen inferior. Pode ocorrer palpitação, náusea e vômito. Mais tarde, a dor pode chegar até a virilha.

Como evitar: A melhor forma para quem quer prevenir ou evitar a reincidência de cálculos renais é incorporar hábitos saudáveis diários, ou seja, praticar exercícios, adotar uma dieta saudável e tomar mais água.
É essencial beber bastante líquido para manter o equilíbrio e eliminar os minerais que se acumulam para formar as pedras. O ideal é tomar entre dois,cinco a três litros de água por dia. O líquido aumenta a movimentação das partículas dentro do organismo e, com isso diminui a chance delas se concentrarem e se aglomerarem nos rins. 

Insuficiência renal: Consiste na diminuição ou na perda da função renal de filtração do sangue. Com isso,as substâncias tóxicas começam a se acumular no sangue, comprometendo a saúde do organismo.
Geralmente, a insuficiência renal é causada pelo agravamento de doenças como diabetes, hipertensão arterial (pressão alta), cálculos renais e também com a ocorrência constante de infecções urinárias

Sintomas: Cansaço, náusea, vômito, perda de apetite, palidez e pressão arterial elevada.


Como evitar: Praticar exercícios físicos regulares, Dieta  com pouco  sal, Controle de peso corporal, Controle da pressão arterial, Controle do colesterol e da glicose,  Não fumar, Não abusar de bebida alcoólica, Evitar o uso de anti-inflamatórios não hormonais, Realizar uma vez por ano, exames laboratoriais  para avaliar a saúde dos rins: dosagem de creatinina no sangue e análise de urina I

Sistema Nervoso:


Muitas das atividades que realizamos em nosso dia-a-dia são voluntária, ou seja, elas dependem da nossa vontade para serem realizadas. Andar, correr, pular, escrever e falar são exemplos de atividades voluntárias.
No entanto, existem atividades como a respiração, os batimentos cardíacos e a digestão, que nosso corpo realiza involutariamente, ou seja, que não depende de nossa vontade.

Orgãos: Cérebro / Cerebelo / Bulbo / Medula Espinhal / Nervos







Problemas no sistema nervoso:

 Poliomielite: Mais conhecida como paralisia infantil, é uma infecção nos tecidos nervosos da medula espinhal e do bulbo. Essa infecção é causada por um vírus chamado poliovírus e, apesar de ser mais freqüente em crianças, pode ocorrer também em adultos.

Causa: Paralisia / Morte

Como evitar: vascinação de 0 a 5 anos.




Meningite: É uma inflamação das meninges, que são as membranas que envolvem o encéfalo e a medula espinhal. Essa doença pode ser causada por alguns vírus e bactérias, sendo que as meningites por bactérias apresentam sintomas mais graves.

Sintomas: Febre alta, dor de cabeça forte, rigidez no pescoço, mal-estar, manchas arroxeadas na pele, náuseas, vômitos, entre outros.

Como evitar: Vascinação.


0 comentários :